terça-feira, julho 14, 2009

day 3 - chocolovers wonka and a cheese dream

Hoje foi o grande dia até agora para mim. Ou não sei amanhã pode superar mas acho difícil.

A combinação mais que perfeita: chocolate, queijo, mas muito queijo e uma das minhas paixões castelos!!!

Começando pelo chocolate: mamãe achou que estava no filme "a fantástica fábrica de chocolate por ter que usar toquinha e jaleco na linha de produção e tirar os brincos que nunca tira da orelha. Eu adorei a cidade que mesmo não parando em Broc para ver a cidade apenas a fábrica, deu aquela idéia de cidadelas que vemos em filmes ou em maquetes de trens de brinquedos.

Ao entrar na fabrica, Cailler, pertecente a Nestlé, passando pela primeira entrada já o aroma de chocolate invade tudo... depois de nos paramentarmos para começar a aventura de ver todo o processo de fabricação, desde do cuidado com as amêndoas de cacao ate os chocolates saírem para serem consumidos na lojinha mais próxima.

Na fantástica fábrica de delícias. Mais fotos


A pasta de cacao tem um sabor tão amargo que não saberia como descrever. Depois a massa do chocolate ao leite e do noir são deliciosas e se consegue sentir o sabor dos ingredientes na masssa.. me lembrou como uma desgustação de vinhos.

Depois e comer chocolates durante a visita a fabrica, conhecemos o diretor da fábrica que nos recebeu e mostrou um pouco mais da mesma, fotos desde da sua fundação e toda sua ampliação ao que é até hoje, ahhhhhh vimos também formas antigas de chocolate, assim como um breve histórico sobre a Cailler e o que mais amo mas não pude tirar fotos vários posters e placas antigas de propaganda da Cailler.

Fomos as compras na lojinha da fábrica e mais uma surpresa ganhei caixas de bombons Cailler de tres linhas e a mamãe ganhou mais duas. Ela ficou toda boba de tanto chocolate!!! E enjoou de comer chocolate durante a visita!!!

Juntando toda a turma fomos a caminho do almoço por mim mega esperado!!! Fondue de queijo e ainda na cidade do queijo gruyere!! Que desde que soube que havia ganho a promoção fiquei falando a mamãe e à Patry que queria porque queria ir a Gruyéres. Curiosamente gruyére significa Grou que significa tsuru, que é uma cegonha que tenho tatuada no tornozelo, coincidência que só o destino pode explicar!!

Almoçamos num lugar tradicional que fabrica queijos desde 1663!!!! Tradiçao pouca é bobagem!!! Fondue divino e ainda servido com batatas e presunto cru, mais perfeito para mim impossível. Sobremesa de suspiro com creme de queijo e morango e framboesa, o suspiro não era muito doce e extremamente leve e nunca comi na minha vida framboesas tão doces. Durante o almoço vi como se fazia o queijo depois de talhar o leite e ir para a prensa... experiementei tinha o gosto de ricota sem sal... e depois virará aquele gruyére delicioso!!

Almoço divino. Mais fotos.


Infelizmente não tivemos muito tempo para ver o castelo e uma outra surpresa!! Quase na entrada do castelo me deparei com o museu de H.R. Giger e um bar temático dele. Fiquei em êxtase mas não teria tempo para visitá-lo. Consegui ir ao castelo mesmo numa visita rápida, ao menos para mim que se me deixam fico horas em lugares assim. Como se diz são tantas emoções...

Difícil descrever cada detalhe que me emocionou no castelo.. a cada cantinho, afrescos, detalhes das portas, as camas minúsculas, a capelinha tudoooooooooooo, a sensação de ter pisado lá antes foi algo surreal.. a sensação de rever um lugar que nunca havia pensado em estar apenas a paixão por queijo gruyére sempre foi forte em mim. Após esta volta ao passado seguimos até Lausanne, que no caminho confesso que dormi um pouco, o calor está bem forte por aqui.

Um pouco do castelo.


Um pedacinho da cidade. Mais de Gruyéres.


Em Lausanne paramos apenas no museu olímpico, onde vimos os jardins e esculturas de areia que adorei o título heróis efêmeros... mostrando que muitos após o afã de tal olimpíada onde foram gloriosos caem no esquecimento... entrei rapidamente no museu para ir até o terraço fotografar e pelo pouco que olhei fiquei encantada com a estrutura me lembrou um pouco o museu do futebol em São Paulo.

Pena que mamãe estava muito cansada devido ao calor que não quis ver, não havia como não lembrar da Tininha que vai amar as fotos que tirei de lá.

Museu Olímpico em Lausanne Mais do museu


Agora vou parando porque tenho que nanar que amanhã tem mais coisinhas para fazer!!


4 comentários:

Daniela disse...

Fiaaaaaaaaaaaaa eu só imagino o qto vc está feliz !!! :)
Adorei o diário :)

Aproveite !!!

Bjs

Marion disse...

Eu também estou adorando o diário de suas aventuras! :) Quero chocolaaaaaaaaaate!!!

Beijos

Anônimo disse...

Paula,

Que dias maravilhosos...

Sei que vcs.tem muito a aproveitar, mas estou ficando louca de curiosidade para ver todas as fotos...

Beijos para vc. e para Tia Anna...

Tininha

o..o andre santos disse...

Que lugar lindo! Adoro queijo e chocolate tbm! Sortudaaaa!